Thursday, June 21, 2007

O que pensar disso?

A direção da Escola Estadual Darcy Pacheco, localizada em São José do Rio Preto, a 440 km de São Paulo, decidiu não punir o aluno de 14 anos que, na tarde de terça-feira dia dezenove de junho, queimou com um isqueiro o cabelo de uma professora. A informação é da Secretaria Estadual de Educação.
O caso foi considerado de "pequena proporção" pela escola.

É assim que se cria os assassinos cruéis: como aqueles que mataram o indio Galdino lá em Brasilia, e que inclusive hoje estão muito bem.
Ou aqueles estudantes de medicina da USP que mataram um calouro afogando-o.
Claro, ninguém foi punido, a não ser os que morreram, as vítimas desses "seres desumanos".
E assim nós vamos construindo um país pior...Triste rima e sina cruel.